BlogEntretenimentoGastronomiaTurismo

MUSEU DO CAFÉ EM SANTOS: Um interessante passeio pela história do Ouro Negro no Brasil

Fachada do Museu do Café – Foto: @casalpratico

Entre as cidades economicamente mais importantes do Brasil, Santos, no litoral de São Paulo, abriga o maior porto da América Latina, e é uma das campeãs em qualidade de vida no Brasil. Esse porto despacha e recebe mercadorias das mais diversas categorias, entre elas, o produto que já foi a mais importante matéria-prima da economia brasileira: o café.
O Brasil é hoje disparado o maior produtor e exportador desse grão no mundo, e é o quinto produto do mercado de exportação brasileiro. É uma indústria que está intimamente ligada ao progresso do país, e em 1830, já era o principal produto exportado. No início do século XX, com o aumento progressivo no volume de negociações, foi inaugurado em Santos, em 1922, a Bolsa Oficial do Café.

Salão do pregão. Foto: @casalpratico
Torrefadora de café. Foto: @casalpratico

Palácio suntuoso, com arquitetura em estilo Eclético, traduzia toda a riqueza gerada pelo café naquele período e o papel protagonista do Estado de São Paulo nesse processo. Com cúpulas de cobre e mármore importado por todo canto, o prédio conta com obras e esculturas de importantes artistas. Dentre as que se destacam, estão os vitrais e as pinturas do artista paulista Benedito Calixto, que podem ser apreciadas no salão do pregão, que é onde de fato aconteciam as negociações que determinavam as cotações diárias da saca do produto.
Esse palácio funcionou como Bolsa até meados da década de 50, quando as operações referentes à negociação do café passaram a ocorrer na cidade de São Paulo, ficando o prédio praticamente abandonado até 1998.

Acervo histórico do Museu. Foto: @casalpratico

Neste ano, foi criado o Museu do Café. Com o objetivo principal de preservar e divulgar ao público esse imenso patrimônio, conta de maneira detalhada essa relação histórica entre o Brasil e o café, sendo a edificação tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 2009.

Grãos de Coffea Arabica ainda verde. Foto: @casalpratico

Com exposições permanentes e temporárias, o Museu do Café é atualmente um centro de referência em pesquisa e preservação, disponibilizando publicações e documentos sobre o café, sua história, além de contar com cursos no Centro de Preparação de Café, onde são oferecidas oficinas, degustações e o curso de Barista, no qual o aluno sai preparado com teorias e práticas aprofundadas sobre o mundo do café.
Trata-se de um espaço de imersão cultural e histórica imperdível para quem quer se aprofundar no maravilhoso mundo de um produto tão importante na nossa história. Fundamental a visita na Cafeteria do Museu, aberta ao público no piso térreo, que

Café Bourbon Vermelho feito no coador de pano. Foto: @casalpratico

tem uma proposta com caráter didático, e apresenta ao público as etapas da produção. Conta com uma nobre variedade de grãos, que são torrados ali mesmo na enorme torrefadora anexa à cafeteria. No local também são servidas variedades da espécie Coffea arabica, como o Bourbon Vermelho e Amarelo, das mais diversas formas, como prensa francesa, coador de pano, e até o tradicional expresso. Tem também uma variedade de Souvenirs e lembranças a venda.
O Museu funciona de terça a domingo para visitação interna, e a cafeteria abre as portas todos os dias. O prédio fica no centro histórico de Santos, aproveite para passear pelos arredores e apreciar um importante acervo de edifícios e monumentos que contam um pouco da história do nosso país. O Casal Prático fez o passeio e recomenda!

 

 

Deixe uma resposta