BlogGastronomia

OMAKASE, o “Menu Degustação” da gastronomia japonesa

A culinária japonesa, mundialmente respeitada, bastante difundida e cada vez mais popular, se caracteriza pela variedade e qualidade dos ingredientes, bem como pelas combinações criativas e personalizadas elaboradas pelos chefs. A despeito do que se pode imaginar, é a culinária mais estrelada no antológico guia Michelin, colocando os

Ostra com flor comestível (Foto:Casal Prático)

restaurantes de Tókio à frente de tradicionais restaurantes de Paris e Nova York nas premiações do famoso guia.
Ela é conhecida tradicionalmente por ser uma gastronomia que se apoia na sazonalidade dos alimentos, característica sustentada pelo fato de depender basicamente de peixes e frutos do mar, bem como de ingredientes de estação às vezes raros de encontrar.

Barriga de Salmão com limão japonês Yuzu – Colheita uma vez por ano (Foto:Casal Prático)

E esse conceito é levado ao extremo quando falamos do menu OMAKASE. Este menu, diferente dos tradicionais festivais de comida japonesa facilmente encontrados nos restaurantes japoneses do Brasil, é ainda oferecido por poucos restaurantes.
Omakase no japonês significa ao pé da letra “para confiar”. Semelhante ao que conhecemos em tradicionais restaurantes de comida contemporânea como “menu degustação”, esse conceito se caracteriza por um tipo de serviço no qual o cliente deixa a seleção “ao Chef”, que fica com o papel de apresentar pratos surpreendentes nos quais toda expressão da técnica, criatividade e pesquisa estarão ali expressas. Nele, uma sequência de cerca de 6 pratos elaborados em pequenas porções, dos mais simples aos mais complexos no paladar, são servidos minuciosamente para proporcionar uma experiência gastronômica complexa e sofisticada.

Combinado com iguarias nobres, como trufas negras (Foto:Casal Prático)

Nesse menu, a técnica é levada ao extremo aliando excelência no preparo, cuidado na apresentação e coesão na sequência em que os pratos são servidos, tudo para proporcionar uma experiência única e diferenciada.

O restaurante Kaizen, em Campinas, é um dos que oferecem esse serviço. Lá, toda representação clássica do menu Omakase está impressa em iguarias nobres como o King Crab, (caranguejo gigante de águas profundas), a saborosa Anchova Negra, barriga de salmão, e dependendo da ocasião, o famoso Black Cod, considerado o peixe mais nobre e raro. Tem até carne vermelha muito bem representada com o tartar de Wagyu. Trufas negras, o limão japonês yuzu, cuja colheita é feita somente uma vez por ano, e porque não, foie gras, contemplam o conceito desse sofisticado menu de maneira acertiva desde a entrada, até a sobremesa!

Tartar de Wagyu (Foto:Casal Prático)

Deixe uma resposta